Brasil Localize Rastreamento

Segurança no trânsito melhora no mundo, mas piora no Brasil, diz OMS

Segurança no trânsito melhora no mundo, mas piora no Brasil, diz OMS

Mais de 1,25 milhão de pessoas morrem por ano vítimas de acidentes de trânsito, estima a OMS (Organização Mundial de Saúde). Segundo um novo relatório, o número de fatalidades se estabilizou e deve começar a cair agora, apesar de em alguns países, incluindo o Brasil, o trânsito estar cada vez mais perigoso.

"Estamos indo na direção certa", afirmou Margaret Chan, diretora da OMS, que atribui a melhora da média global a melhores legislações, fiscalização e a padrões aprimorados de segurança em ruas e veículos.

"O relatório mostra que estratégias no trânsito estão salvando vidas", afirmou. "Mas também indica que o ritmo de mudança é muito lento."

Segundo o documento, num período de 3 anos, enquanto 79 países viram o número de vítimas do trânsito diminuir, outros 68 o viram crescer. O maior problema, afirma a OMS, está na África, onde a taxa de mortalidade é de 26,6 pessoas para cada 100 mil habitantes.

A taxa do Brasil, desde 2003, subiu de 18,7 para 23,4, e já se aproxima daquela dos países africanos com trânsito mais perigoso. Em 2012, o país teve cerca de 47 mil mortes no trânsito estimadas pela OMS, a partir das 42,2 mil mortes efetivamente registradas e atribuídas a acidentes.

Num ranking da OMS, compilado ainda com dados de 2010, o trânsito brasileiro é o 33º mais perigoso do mundo, e o 5º da América Latina. No ranking de 2013, o país é o 56º do planeta mais mortal no trânsito, e 3º das Américas, atrás apenas de República Dominicana e Belize.

Trânsito e desenvolvimento

Países em desenvolvimento, indica a OMS, concentram 90% de todas as mortes do mundo, apesar de abrigarem apenas 54% dos veículos. Os trânsitos mais letais do mundo são o da Líbia, com 73,4 mortes anuais por 100 mil habitantes, e Tailândia, com 36,2.

A Europa é a região do mundo onde o trânsito é mais seguro. Em países com regras mais rígidas, como Reino Unido, Suécia, Holanda, Noruega e Espanha, as mortes anuais por acidentes de trânsito são menores que 4 por 100 mil habitantes.

O relatório da OMS também mostrou que metade das mortes por acidentes estão nos três grupos mais vulneráveis no trânsito: pedestres (2%), ciclistas (4%) e motociclistas (23%).

Trânsito no Brasil

O Brasil, de modo geral, foi considerado um país com leis adequadas de trânsito, exceto aquelas com relação a limites de velocidade. Muitas cidades do país têm vias urbanas com limite de 80 km/h, mas a OMS só considera seguras vias urbanas com limite de 50 km/h.

As boas leis do país, além disso, não estão sendo muito bem implementadas. Em notas de zero a dez, o país recebeu apenas conceito 6 para a implementação de regras como a obrigatoriedade de capacete e o transporte adequado de crianças (no banco de trás, com assentos e cinto apropriados). O respeito à obrigatoriedade do cinto de segurança e a velocidades máximas receberam nota 7. A proibição do álcool ao volante recebeu nota 8.

Fonte: G1

Assine para receber novidades

loading...

Atendimento

loading...

Brasil Localize Rastreamento

CNPJ: 20.512.555/0001-20

A Brasil Localize Rastreamento é uma empresa que trabalha com o rastreamento de veículos dos mais variados portes – de carros e motos a caminhões, máquinas agrícolas e embarcações. Fundada em 2013 e com sede em Palmas (TO) e Goiânia (GO), a Brasil Localize Rastreamento fornece dados logísticos e geográficos dos veículos permitindo que eles sejam monitorados 24h/7 em todo território nacional. Utilizando o que há de mais moderno em equipamentos e tecnologia de rastreamento, a Brasil Localize Rastreamento trabalha pensando na segurança e na tranquilidade dos clientes: com o monitoramento do veículo, o motorista está mais seguro e a precisão das informações permite o gerenciamento remoto da frota.

Escritórios

PALMAS - TO
104 Sul, Rua SE 1, Conj. 1, Lt. 26, Sl. 402, Centro Empresarial Norte - 77020-014

GOIÂNIA - GO
Avenida Marechal Rondon, N. 1486, Lt 2A, Sala 05, Vila São Luiz - 74560-540

Telefone(s)

63 3215-0258 - Central de Vendas
63 98154-1222 - WhatsApp